<body><script type="text/javascript"> function setAttributeOnload(object, attribute, val) { if(window.addEventListener) { window.addEventListener('load', function(){ object[attribute] = val; }, false); } else { window.attachEvent('onload', function(){ object[attribute] = val; }); } } </script> <div id="navbar-iframe-container"></div> <script type="text/javascript" src="https://apis.google.com/js/plusone.js"></script> <script type="text/javascript"> gapi.load("gapi.iframes:gapi.iframes.style.bubble", function() { if (gapi.iframes && gapi.iframes.getContext) { gapi.iframes.getContext().openChild({ url: 'https://www.blogger.com/navbar.g?targetBlogID\x3d6107247\x26blogName\x3dassocia%C3%A7%C3%A3o+de+radicais+pela+%C3%A9tica\x26publishMode\x3dPUBLISH_MODE_BLOGSPOT\x26navbarType\x3dSILVER\x26layoutType\x3dCLASSIC\x26searchRoot\x3dhttp://radicaispelaetica.blogspot.com/search\x26blogLocale\x3dpt_PT\x26v\x3d2\x26homepageUrl\x3dhttp://radicaispelaetica.blogspot.com/\x26vt\x3d-4802541920765737602', where: document.getElementById("navbar-iframe-container"), id: "navbar-iframe" }); } }); </script>

quinta-feira, junho 03, 2004

smart talk...

A especialidade do povo em apreço é o falatório. De norte a sul e nas ilhas reune-se a maior concentração planetária de fala baratos de que há memória. Não há português que não tenha opinião e que não reafirme até à exaustão a sua opinião em exercícios de auto-convencimento. Esta opinião, em geral, coincide com a ultima imbecilidade sem ciência e sem lógica, escutada de alguma autoridade certificada por qualquer junta médica de ocasião que conferiu um diploma de décima quinta categoria. Exibem grande desprezo pelo esforço sistemático de reflexão serena porque constitui um exercício insuportável pelo trabalho que envolve. Não há português que não se sinta altamente competente e qualificado para leccionar qualquer tema que seja envolvendo, preferencialmente, equações diferenciais não lineares de quarto grau. À excepção do próprio, todos os demais portugueses constituem uma raça de ignaros e incapazes, pelo que o mérito do animal, por demais homenagens e jantares de desagravo que sejam realizados, nunca é devidamente reconhecido, mormente quando outro qualquer eventual candidato é também objecto de idêntica manifestação da borregada, disponível para estes rituais de lambidelas nos sapatos a troco de pequenas compensações como um emprego de recepcionista para a filha que achou que o abecedário constituia uma provação intelectual inultrapassável.

O horror ao esforço e ao trabalho é uma caracteristica só ultrapassada pela lamúria sobre os tempos que correm e sobre o desinteresse das gerações mais novas em ler livros de de poesia peganhenta do patrono Castilho que ninguém leu ou sobre as explicações exotéricas de algum fanático das raizes perdidas nas paneleirices do Saint-Adhémar e no seu círculo secreto de templários agiotas.

Perigoso, é quando este portugueses se ocupam dos espíritos, das almas e dos neurónios dos que ainda não têm responsabilidade, e os vacinam contra a busca autónoma do saber e os desfloram com as suas sebentas, cujos bolores já são tão velhos que deles se consegue extrair antibióticos em quantidades tais que a AMI podiam fazer campanhas inteiras em África. Estes cavalheiros e cavalheiras "avaliam" do que nunca possuiram nem sabem reconhecer nem que levem no focinho com a curiosidade genuína e interessada. Limitando-se a matraquear sem entusiasmo que de ano para ano a "coisa" piora, constatando o óbvio num exercício de preocupação higiénica que ocorre no intervalo para o café antes da próxima aula sobre qualquer tema sobre o qual escreveram há décadas atrás um artigo medíocre que jaz incógnito na cave da biblioteca municipal da terra do tio Ernesto.

At 16/2/07 00:37, Anonymous Anónimo said...

Very cool design! Useful information. Go on! »

 

comentários

<< Home

voltar ao início Site Meter